_DSC5149

Dj Tati Laser

São Paulo sp

A DJ Tati Laser está sempre com pressa, vem daí o apelido inusitado. Mas há um momento em que ela para, pensa e esquece a correria: na frente dos toca-discos.
A paulistana Tatiane da Silva Oliveira cresceu ouvindo todos os tipos de música, acumulando conhecimento e bagagem musical elementos essenciais para levantar qualquer pista de dança. Ela decidiu ser DJ ainda na adolescência, foi pesquisar e encontrou uma oficina cultural onde aprendeu o básico para discotecar. Hoje, Tati Laser é uma das poucas mulheres que comandam pick-ups na cena Hip Hop. Ela toca Rap Underground, R&B e Soul.
Em 2007, durante conversa descomprometida com DJ Kl Jay sobre a escassez de mulheres no Hip Hop, nasceu o projeto “As Minas Pá”. Essa ação deu uma guinada na trajetória profissional de Laser e mostrou, a quem não botou fé, que talento e atitude independem de qualquer rótulo.
Em 2009 e 2010, participou do projeto de turntablism chamado APPLEBUM CREW com as DJs Simmone, Lisa Bueno, Mayra e Vivian Marques, que conquistou, naquele ano, o terceiro lugar de time na edição brasileira do Campeonato DMC, a copa do mundo dos DJs.
Foi DJ do Grupo Namastê, que vem do Coletivo Sanatório, formado por Erry jota, Tony Sagga, Dejavú,Cah Roots, Preta Rê e DJ Rodrigo.
trabalha freela com o Grupo Odisséia das Flores, formado por Chai, Jô Maloupas, Letícia e DJ Dog , um diferencial tendo dois DJS.
Tati Laser já comandou as pistas de diversas casas noturnas de São Paulo e outras Cidades, entre elas:

DJ Club (Sintonia) SP, Hotel Cambridge (Welcometo Hip Hop), SP Mini Club SP, Akbar (Zaire) SP, Cassemira Club SP, Espaço Cultural de São Matheus SP, Hole Club SP, Itaú Cultural SP, Tapas Club SP, Studio SP, Casa do Hip Hop de Diadema SP, Espaço Santa Clara Revista Raça SP, Crystal Club SP, Feira Preta (público estimado de 10 mil pessoas) SP, Rinha dos Mcs SP, Smoove SP, Matilha Cultural SP, Projeto SP Club do Hip Hop, Energy Lounge SP, Anhembi Feira da Mulher Moderna SP, Ação Educativa SP, Sesc Osasco, Sesc Vila Mariana, Sesc Campinas, Sesc Jundiai, Ação Juventude São José dos Campos, Urbanus Bar São José dos Campos, Pub DunluceIrish São José dos Campos, Black Chip Tatui, E.C Ponte Preta Campinas, Lounge Sorocaba.

Projeto “Hip Hop de Salto” – 2009/2010 – SP /Brasil

Juntamente com as DJs Lisa Bueno, Mayra Maldjian, Simone, e Vivian Marques integram a CrewApplebum que elaboraram o projeto “Hip Hop de Salto” que oferece oficinas gratuitas para meninas e mulheres, ensinando as técnicas de mixagem (nível básico). A primeira etapa do projeto teve apoio do Fundo Elas da Espanha e a segunda e terceira etapa do projeto teve o apoio do VAI Prefeitura de São Paulo.

Hip Hop de Salto apresenta
Encontro I – Intercâmbio Cultural: o Rap de Fora pra Dentro
O Projeto Hip Hop de Salto convidou Rodrigo Brandão (Mamelo/ Indie Hip Hop ) e o produtor Guigo (ChocolateClash Club) para compartilhar com o público a experiência de trazer atrações internacionais do rap para o Brasil e as consequências dessa rica troca cultural para a cena.
A discotecagem fica por conta das DJs Mayra, Simmone, Vivian Marque e Tati Laser, da Crew Applebum.

HIP HOP DE SALTO
Já foi a época de reclamar do espaço restrito da mulher no hip hop. Fazer o movimento caminhar pra frente é muito mais importante e é esse o lema que a ApplebumCrew formada pelas DJèias Lisa Bueno, Mayra, Simmone, Tati Laser e Vivian Marques, escreveu em sua bandeira.
Uma das ações da Applebum é o projeto Hip Hop de Salto, projeto aprovado pelo VAI, da prefeitura de São Paulo, que promove oficinas de discotecagem e encontros culturais mensais sobre a cultura hip hop.
Gratuitas, as oficinas são para mulheres de qualquer idade que não tenham condições financeiras de bancar um curso de DJ. Divididas em grupos, as alunas aprendem técnicas de mixagem e de turntablism (a arte de manipular sons com discos de vinil). Ao final do curso, as Djéias se apresentam nos encontros promovidos pela crew.
As turmas estão fechadas, mas fique de olho em possíveis novas vagas no blog:
http://hiphopdesalto.blogspot.com.br/
Apresentações da Crew APPLEBUM:
DMC Team – Jive Club – SP/2009;
4/4 Batidas e Scratchs – Hole Club – SP/2009;
2ª Encontro Metropolitano de Dj’s de São Paulo – CCSP – SP/2009;
1ª Encontro do HIP HOP MULHER – Ação Educativa – SP/2009;
Juventude em Ação – São José dos Campos – SP/2009 e 2010;
Presença Feminina – Espaço + SOMA – SP/2010;
FestasApplebum – Alley Club – SP/2010;
6 Workshops do Projeto Hip Hop de Salto – Ação Educativa – SP/ 2010

Projeto Cenpec Fundação Casa – 2013 – SP/Brasil
Ensinando as técnicas de mixagem e apresentação dos internos
(nível básico)
e interação com os internos. Em 20 unidades da Fundação Casa, Osasco,Raposo,Pirituba,Franco da Rocha,Jd.São Luiz,Vila Leopoldina,Brás e Taipas.

Projeto Oficina Sesc Osasco – 2015 – SP/Brasil
Ensinando as técnicas de mixagem em vinil / serato e performance para adolescentes (nível básico) Mês de Março e Abril.

Projeto O Futuro do Hip Hop – 2015 – SP/Brasil
Εducadora no projeto “O Futuro do Hip Hop”, com atrativos para agradar os ouvidos dos pais, animar e agregar cultura para a vida dos pequenos…
Pensando no fundamento onde as crianças são o futuro, seja do país, da vida ou do mundo…
Com o intuito de ampliar o conhecimento dos pequenos e ocupá-los com cultura e contato específico com os quatro elementos do Hip Hop, foi elaborado o projeto que teve inicio em 2009 com os pequenos Djs: Marcel(13), Murilo (10) ,Kallfani (13) e o Mc Tumtum(5). Uma tarde com o melhor do rap para os papais, e muita diversão, oficina e apresentação da criançada que por influência dos pais, mães, tios, tias, padrinhos, madrinhas, enfim familiares em geral, apresentam alguma tendência musical, seja como dj, mc, b-boy (girl), ou arte dos grafittes podendo interagir desde já e encontrado nessa cultura, um hobbie, uma filosofia de vida ou até quem sabe uma futura profissão.

Tour Ladies DJS Brasília – 2015 – SP/Brasil
O Festival Satélite 061 chega a sua quarta edição de cara nova e em novos locais: a Torre de TV e o Sesc Garagem. De 23 a 27 de setembro, música, teatro, dança, discotecagem e arte urbana invadem a capital federal. Criado em 2012, o Festival Satélite 061 alcançou em suas três primeiras edições grande sucesso de público e crítica, sempre com acesso livre.Esse ano o evento ganha novos ares e transfere-se para dois outros importantes centros culturais do Distrito Federal: a Torre de TV e o Teatro Sesc Garagem. A Torre de TV receberá ampla programação musical que privilegia artistas da cena local e apresenta novos destaques da cena nacional. Toda a programação de Artes Cênicas será realizada no Sesc Garagem.A ideia é que o público tenha acesso a várias artes. Que possa assistir a um espetáculo de teatro e dança, conferir grandes shows, se divertir com DJs locais e nacionais, encontrar amigos, tomar uma cerveja, tudo isso em dois dos mais belos locais dedicados à realização de eventos em Brasília.O Satélite 061 atua como um catalisador da cultura brasileira, não apenas pelas atrações de outras regiões do Brasil, mas pelo fato de ser a capital do país um imenso caldeirão cultural onde inúmeras influências se encontram e habitam.Uma iniciativa que prioriza a arte independente com uma grande estrutura e uma rica programação voltada para o público de todas as idades e classes sociais.
http://www.satelite061.com/#!palco-radiofuso/c3ns
Festival Satélite 061 – 24hNoAr atrai 32 mil pessoas para o coração de Brasília. « Acha Brasília – http://www.achabrasilia.com/satelite-061-24hnoar/

Projeto O Futuro do Hip Hop – 2016– SP/Brasil
Εducadora no projeto “O Futuro do Hip Hop”, com atrativos para agradar os ouvidos dos pais, animar e agregar cultura para a vida dos pequenos…
Pensando no fundamento onde as crianças são o futuro, seja do país, da vida ou do mundo…
Com o intuito de ampliar o conhecimento dos pequenos e ocupá-los com cultura e contato específico com os quatro elementos do Hip Hop, foi elaborado o projeto que teve inicio em 2009 com os pequenos Djs: Marcel(13), Murilo (10) ,Kallfani (13) e o Mc Tumtum(5). Uma tarde com o melhor do rap para os papais, e muita diversão, oficina e apresentação da criançada que por influência dos pais, mães, tios, tias, padrinhos, madrinhas, enfim familiares em geral, apresentam alguma tendência musical, seja como dj, mc, b-boy (girl), ou arte dos grafittes podendo interagir desde já e encontrado nessa cultura, um hobbie, uma filosofia de vida ou até quem sabe uma futura profissão.

Projeto Parada Jovem Sesc Verão Oficina Sesc São Carlos 2017– SP/Brasil
Ensinando as técnicas de mixagem em vinil / serato (nível básico) Mês Janeiro.

Profissão: DJ

Estilo que toca: Hip Hop

Veja mais: www.facebook.com/deejaylaser.oliveira

Veja mais: https://soundcloud.com/dj-tati-laser

Veja mais: www.instagram.com/djtatilaser

+ lidas

videos e destaques