Kompakt: das newsletters por fax às plataformas de streaming

Compartilhe

Na música eletrônica, falar de Kompakt é o mesmo que falar do selo Decca para o jazz e música clássica. Um carimbo de qualidade que vem sendo construído desde 1998, ano de fundação da gravadora e distribuidora de música baseada em Colônia (Köln), na Alemanha, fundada pelo trio Wolfgang Voigt, Michael Mayer e Jürgen Paape.

O embrião do selo que se tornou um dos maiores da música eletrônica mundial, porém, começou alguns anos antes, em 1993, quando Voigt e Paape, além de Reinhard Voigt e Jörg Burger (e mais tarde Mayer), fundaram uma loja de discos, que abriu com o nome de Delirium.

wolfgang-voigt-michael-mayer-reinhard-voigt-jo%cc%88rg-burger-ju%cc%88rgen-paape

Wolfgang Voigt, Michael Mayer, Reinhard Voigt, Jörg Burger, Jürgen Paape: embrião inicial da loja Delirium

A longevidade e o sucesso da Kompakt têm por trás de si a assinatura de Gesine Schönrock, que montou juntamente com Mayer a divisão de distribuição da gravadora e, desde então, já passou por diversos departamentos, cuidando do label management para os selos de distribuição exclusiva da Kompakt, loja digital e, desde 2008, está à frente do departamento de distribuição digital da empresa.

Não por acaso, ela é a funcionária mais antiga do selo, vestindo a camisa da Kompakt desde o ano 2000. Trocamos uma ideia com Gesine sobre o crescimento do mercado digital, streaming, o crescimento da música eletrônica, a importância do vinil, entre outros assuntos.

gesine_jpeg-1

WME – Você é a responsável por toda a distribuição digital da Kompakt. Com o crescimento das plataformas de streaming e das lojas digitais, quais adaptações foram necessárias ao longo desses quase 20 anos de selo, e por quais mudanças você passou?

Gesine Schönrock – Tem sido uma estrada longa até chegar aonde estamos hoje com a Kompakt. Pra começo de conversa, não havia vida digital no início, apenas a loja de discos, uma incrível comunidade de músicos e produtores de Colônia com poucas opções para lançar suas músicas, incluindo quatro deles que queriam oferecer uma maneira de fazer essas músicas chegarem ao mundo todo.

1998 foi quando o nosso departamento de distribuição começou. Naquele momento, a internet estava começando a se tornar um meio de comunicação e a oferecer produtos pra venda. Até então, tínhamos que imprimir newsletters e mandar pras pessoas por fax. Uma parte enorme do nosso trabalho era ligar pras lojas de discos e botá-los pra tocar pelo telefone, pra que eles pudessem escolher.

2001 foi o ano em que muita coisa na indústria da música mudou. Um passo muito importante foi a abertura do iTunes, e isso mudou tudo. Kompakt sempre foi muito leal aos formatos de CD e vinil, já que nós éramos uma loja de discos, então a única maneira de vender digitalmente era se nós mesmos fizéssemos isso. Então a Kompakt-MP3 nasceu. Foi na verdade uma das primeiras lojas a oferecer venda de música digital especializada em dance music! Depois de ficar por um tempo oferecendo apenas músicas do selo, fizemos a mudança para nos tornarmos distribuidores em 2007.

kompakt

WME – No começo da era das lojas virtuais, música eletrônica underground era vendida em lojas específicas. Agora se espalhou por todas as plataformas (Spotify, Apple music…). Em que momento a Kompakt abriu pra este novo mercado?

Gesine Schönrock – Como eu disse, nossos corações batem por vinil porque a fundação da Kompakt é a nossa loja de discos, portanto levou um tempo pra nos adaptarmos e darmos total suporte ao formato digital. Pulamos nesse barco e nos tornamos distribuidores. Talvez você não encontre todo o nosso catálogo digitalmente, mas nós abraçamos o mundo moderno e trabalhamos muito próximos a plataformas de streaming como Spotify, Apple Music e SoundCloud.

WME – É verdade que as vendas digitais já superaram as físicas? Desde quando? O que isso representa pra Kompakt?

Gesine Schönrock – Manter os formatos de vinil e de CD é uma parte essencial da maneira como lançamos nossa música, mas a renda que recebemos de downloads e de streaming se tornou fundamental para nós. Com certeza temos visto lançamentos digitais tendo uma performance melhor do que os físicos. No caso do streaming, ainda há um longo caminho, mas estamos começando a ver um pagamento minimamente decente gerado a partir de alguns dos nossos lançamentos. Se chegarmos a uma realidade em que todo mundo pague um fee mensal para música por streaming, daí estaremos numa situação bem melhor do que estamos agora.

WME – Sobre a produção de material (vinil e CD), vocês ainda investem muito em ocasiões especiais? Qual é a estratégia por trás desses lançamentos?

kompakt-catalogo

Gesine Schönrock – Alguns anos atrás, começamos a lançar edições limitadas em vinil que são vendidos apenas na nossa loja de Colônia e através da nossa loja online KOMPAKT.FM. Esperamos dessa forma oferecer aos fãs e clientes algo que seja realmente único.

WME – Como você entrou nesse mercado? Essa é a uma ocupação onde experiência fala mais alto que estudos?

Gesine Schönrock – Estou na Kompakt há 16 anos e durante esse período eu aprendi muito. Claro que buscar educação numa escola é muito importante. Tive a sorte de estar na Kompakt desde quase o começo da empresa. Ter estado no nascimento do departamento de distribuição do zero até chegar a gerenciar uma loja de download e atualmente supervisionando nosso service de distribuição digital me deu ferramentas para conquistar uma experiência que não é possível de avaliar. Além disso, eu aprendo muito com as muitas empresas e pessoas com quem me relaciono no cotidiano do meu trabalho.

WME – Como é possível manter um bom relacionamento com as plataformas digitais? Você lida com elas pessoalmente ou existe uma relação mecanizada entre as partes? Quanto esse relacionamento pode impactar nas vendas?

Gesine Schönrock – O relacionamento com nossos parceiros é muito importante. Acho que é assim em todas as áreas de negócios do mundo. Se você quiser ter um bom relacionamento com as pessoas, é importante se comunicar bem, ganhar a atenção deles e que a música seja boa o bastante para ganhar o apoio deles. Somos muito afortunados por ter música que realmente empolga nossos parceiros com muita frequência, o que é uma parte enorme da batalha, pois a música fala por si só.

SIGA A KOMPAKT NAS REDES SOCIAIS

FACEBOOK

INSTAGRAM

SOUNDCLOUD

 

videos e destaques